A Cabine Telefónica para Troca de Livros

book

Tem existido, nos últimos anos, uma aposta na partilha de tempo, meios e materiais na sociedade portuguesa. Desenvolvem-se as atividades de voluntariado, mas também as trocas de recursos. Diz-se que a necessidade aguça o engenho, e a crise económica dos últimos anos potenciou este tipo de movimento.
Desde reparações gratuitas de bicicletas à atualmente muito falada troca de manuais escolares, os portugueses estão a virar-se para formas alternativas de combater a crise e manter um bom nível de vida.

E foi assim que, em 2014, foi inaugurada na Praça de Londres, na atual freguesia do Areeiro (antes São João de Deus), em Lisboa, a Cabine de Leitura. Este exíguo espaço consiste numa cabine telefónica vermelha, do típico estilo britânico, que se encontra recheada dos mais diversos tipos de livros.
Trata-se de uma biblioteca onde se pode ir buscar um livro para levar para casa e depois devolvê-lo, mas funciona também com base nas doações e nas trocas. Baseado na confiança, este sistema não tem forma de controlar o destino ou qualquer prazo para a devolução dos livros, mas tem funcionado bem, sendo um sucesso junto de leitores de todas as idades.

bookO tipo de livro mais procurado são os romances e as histórias infantis, mas existe um pouco de tudo pela cabine. Como o espaço é muito reduzido, nem todos os livros que fazem parte do acervo deste projeto se encontram disponíveis ao mesmo tempo. É, no entanto, assegurada uma boa rotatividade, quer por quem mantém a Cabine (a cargo da Associação de Comerciantes do Areeiro), quer pelas trocas diárias realizadas por quem a visita e dela usufrui.

Após algumas obras, implementadas recentemente, o espaço envolvente conta, para além dos vários cafés, pastelarias e esplanadas, com jardins onde se pode sentar a ler os livros que escolher na Cabine de Leitura.